Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Hopeless III

 

 

Olha para mim. Só um bocadinho...

Não me toques como se eu fosse água...sempre com medo que te arraste para fora de pé.

Não me olhes como se eu fosse vento...sempre com medo que eu derrube muros em ti.

E não me ames com medo que me desvaneça...como se eu fosse esperança.

Não sou água, ou vento, ou esperança.

Nada em mim é rebelião, ou lugares distantes.

Antes sou pântano , calmaria, resignação.

Por isso nada temas. Não te vou magoar. Nem poderia!

Até porque são tantas as vezes, em que tu e eu somos um.

Siameses de braços caídos. Corpos ausentes de um hoje que se faz tarde.

Agora a sério! Não tenhas medo. Já não sonho.

Hoje de manhã, estavam a cortar as ervas na beira da estrada. Uma ceifa que deixou o ar carregado de cheiros de campos saturados de águas e temperos. Uma aroma tão verde, que por momentos me acordou a fadiga.

Depois passou. Ficou lá atrás, na berma da estrada, e eu segui o dia que nascia fora do meu reduto.

Sim, eu também tenho muros! Ergui-os aos poucos, com suor salgado e às vezes doce. Com a força dos meus braços, das minhas mãos, com o sopro da minha indiferença.

Ao meio dia, quando o sol já vai alto, passei outra vez. As ervas cortadas, jaziam numa exaustão colhida à força, e o cheiro agora era tão intenso como o teu silêncio.

Havia anis e licor de poejo e ervas doces, na respiração ofegante das ervas tombadas.

O calor fermentou-as, e o ar estava exuberante de bebedeiras e faces coradas.

Um aroma tão quente, que quase me queimou a fadiga.

Depois passou. Ficou lá, a brincar com incautos errantes, que cansados de tudo e de nada por ali se perdiam.

Mas eu não.

Não tenhas medo.

Eu já não sonho.

 

 

sinto-me:
Original Zumbido por meldevespas às 11:53
link do post | zumbir | favorito
|
11 comentários:
De weee a 10 de Outubro de 2007 às 12:12
De Leonor a 10 de Outubro de 2007 às 17:06
.
.
.
Dude. Nem sei o que dizer.
Estou a babar-me. Está lindo. Pronto. Não dá pra descerver mais.
:O
:')
De joão palmela a 10 de Outubro de 2007 às 17:34
Amiga Carmo!
Lindo! Muito Poético e Melodioso, também Odorífico , dada a riqueza da descrição, dá para sentir todos os aromas no ar.
E as ervas, sempre as ervas, tão presentes na vivencia do Alentejo.
Obrigado, Simplesmente Divinal, um Abraço, do Amigo,
João Palmela
De A VER NAVIOS a 10 de Outubro de 2007 às 19:58
Parabéns, belo texto. Gostei muito.
Faz dispor bem.
Cumprimentos.
De astuto a 11 de Outubro de 2007 às 22:17
Eu também ando perdido, errante... Sou um incauto.

Continuo a gostar de te ler.
De telmy a 11 de Outubro de 2007 às 22:18
" someone take these dreams away " :')

beijihno Carminho :D *
De R.I.P.per a 12 de Outubro de 2007 às 13:10
Tou a ver q o amor no campo deve ser outra coisa :p
De Francisco Mendes a 12 de Outubro de 2007 às 14:09
Como comentar algo tão belo?...
De João Cordeiro a 12 de Outubro de 2007 às 16:35
Que beleze de texto.
Uma prosa poética que nos leva a viajar pela nossa memória.

Muito bom...

Beijos sonhadores
De Lua de Sol a 12 de Outubro de 2007 às 18:36
Que dizer?! está simplesmente soberbo... lindíssimo. Um pouco diferente do teu habitual, mais poético... com uma nostalgia mais campestre - menos rural. Parece contraditório o que digo mas não... Achei fabuloso.

Beijos

zumbir

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Constelaçoes

O Sorriso do Parvo

Porque sim

O Cheiro da Chuva

Estória para adormecer .....

Na lama

Memórias de Vento

A solo

Sem fim

Estória para adormecer......

arquivos

Abril 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

tags

todas as tags

online

links

Bee Weather

Click for Evora, Portugal Forecast Get your own free Blogoversary button!
Photobucket


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Vizzzzzzitas

Horazzzzzz

Tente adivinhar palavras relacionadas com a Matemática no Jogo da Forca:


Clique aqui


Custom T-Shirt Generator
blogs SAPO

subscrever feeds