Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2008

Os bravos

 

 

 Hoje, o querido e-amigo Paulo, aka Totó da Cabeça, publicou um post muitíssimo interessante sobre o CEP .

Não me vou alongar muito, porque ele já disse o que havia a ser dito, apenas a informação de que a sigla quer dizer Corpo Expedicionário Português, e se refere aos bravos soldados portugueses que lutaram pelos Aliados na 1ª GGM .

O texto trouxe-me de imediato a recordação do meu avô paterno, de seu nome Leandro Inácio Almeida Rosado, ribatejano de gema.

Aceito deste modo o desafio do Totó para aqui publicar a fotografia deste soldado,  em 1917, em França, não sei especificar, onde, do alto dos seus 20 anos, provavelmente cheio de sonhos e medos e coragem.

 

 

Ao longo da sua longa vida, muitas foram as vezes em que recordou a sua aventura por terras gaulesas. E tal foi sempre o seu orgulho, que até ao fim dos seus dias, cada vez que tinha que tirar um retrato, como ele dizia, fazia-o sempre, mas sempre, com as medalhas e condecorações ganhas pelos seus feitos nos tempos da grande guerra.

 

 

Ler o artigo, encheu-me de vaidade no meu avô, o lindo Leandro de olhos azuis de lezírias , que um dia foi um jovem expedito a caminho da frente de batalha.

Beijinhos Avô, onde quer que estejas

sinto-me:
Original Zumbido por meldevespas às 22:18
link do post | zumbir | favorito
|
11 comentários:
De canochinha a 13 de Fevereiro de 2008 às 23:29
Que post tão bonito... Imagino que tenhas muito orgulho no teu avô, eu também teria.
Um beijinho
De Paulo a 14 de Fevereiro de 2008 às 08:06
Uma ternura de post.
Ainda bem que colocaste aqui estas magníficas fotos.
Foram tempos muito difíceis os que ele enfrentou. Quando penso sobre aquilo que nos queixamos hoje em dia, comparado com o que as pessoas do tempo do tempo do teu avô sofreram, não posso deixar de sentir uma certa vergonha.
Obrigado por partilhares esta memória.
De meldevespas a 14 de Fevereiro de 2008 às 09:43
Obrigada a ti Paulinho!
Beijinho
De Phantom a 14 de Fevereiro de 2008 às 18:57
Foram sem dúvida uns heróis. Lutaram pela paz, numa guerra, como todas as outras, violenta e feia.
De telmy a 14 de Fevereiro de 2008 às 22:42
deu gosto ler este post. :D **
De weee a 15 de Fevereiro de 2008 às 15:48
Que doçura...

Gostava de ter conhecido esse teu avô!!
De Lua de Sol a 17 de Fevereiro de 2008 às 00:54
E linda a forma como te orgulhas dele!
Um "bravo" avô"! Bravo, bravo!
Parabéns... pelo avô e pelo belo sentimento.

Beijinho.
Óptimo fim-de-semana, Mel, para ti e para o enxame!
De Anónimo a 3 de Maio de 2008 às 20:32
Caro neto do avô Leandro

não faço ideia de quem sejas mas a família Rosado está, pelos vistos, mais difundida do que eu pensava. É que, surpresa das surpresas, eu também sou neto do avô Leandro. E lembro-me bem de estar sempre doido para ir a Coruche porque ninguém fazia espingardas de madeira impulsionadoras de caricas através de mola da roupa, como ele.

Diz-me quem és, dir-te-ei quem sou

Grande abraço para ti também neto do avô Leandro

Américo Jones, filho de Maria do Castelo e sobrinho de Pedro Paulo e de Leandro e de Avelina e de Senhorinha e de Joaquim e de Manuel
De meldevespas a 3 de Maio de 2008 às 22:30
Américo, olá, ainda bem q aqui chegaste, este neto, afinal é uma neta, sou a prima Carmo de Reguengos!!!!
Á pois é!!! Este é o meu bocado da blogosfera, e este post, foi em jeito de homenagem ao nosso querido Avô Leandro.
Beijinhos para ti e para toda a familia, volta sempre!
De Américo a 4 de Maio de 2008 às 16:00
Cara Carminho

a expressão "neto" foi um lapso digital ocorrido pela troca da tecla 'a' e da tecla 'o'. É claro que depois do teu pai me ter telefonado a dar esta notícia eu já sabia que eras tu. Não sabia era se tu te lembravas de mim (isto é uma pequena provocação).

Embora sejas muito mais novinha do que eu lembras-te de brincarmos na rua dos avós e irmos a correr ver televisão a casa da Teu?

Estive em Coruche na semana passada e vi imensas coisas que fazem parte do emu imaginário de criança: a taberna do "Naifa", o Castelo, a rua dos avós, o sítio por trás da casa dos Ruivos onde fazíamos "fortes", etc.

Vou-te enviar uma fotografia do avô Leandro com o grupo de combatentes que foram para França na campanha da 1ª Grande Guerra. Manda-me o teu email.

Grande beijo

Primo Américo
De meldevespas a 4 de Maio de 2008 às 18:16
o Ganda Nigga és tu? Que grande nome pá!
Isto da idade dá-nos s volta:DD! Tu e eu somos da mesma mocidade, aliás penso mesmo que somos os dois de 67, certo?
o meu mail é carmofernandes iol.pt, ou casafernandes@sapo.pt
Beijos grandes

zumbir

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Constelaçoes

O Sorriso do Parvo

Porque sim

O Cheiro da Chuva

Estória para adormecer .....

Na lama

Memórias de Vento

A solo

Sem fim

Estória para adormecer......

arquivos

Abril 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

tags

todas as tags

online

links

Bee Weather

Click for Evora, Portugal Forecast Get your own free Blogoversary button!
Photobucket


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Vizzzzzzitas

Horazzzzzz

Tente adivinhar palavras relacionadas com a Matemática no Jogo da Forca:


Clique aqui


Custom T-Shirt Generator
blogs SAPO

subscrever feeds