Terça-feira, 21 de Outubro de 2008

Acto Único

 

Não preciso do teu desprezo...

Rasgas-me o orgulho...

Falava para o vazio. De costas para o objecto das suas palavras.

Era um acto cénico. Um monólogo carregado de gestos coreografados pela indiferença.

"Porque somos tão diferentes......" e isso, o que é?

Uma pergunta?

Uma resposta?

Ou apenas a constatação da tua latente incapacidade de criar laços?

Ouve-me.

Com as tuas próprias mãos, abre uma cova na terra. Sente o cheiro a carne viva que a terra húmida emana, toldar-te o pensar. 

Abre fundo...bem fundo, e depois enterra lá o peso das tuas dúvidas. Deixa lá sepultados os restos mortais desse ser que criaste à tua imagem.

Susteve a respiração.

Uma janela aberta alaga de luz o cenário.

Continuam de costas.

Não respondas.... tenho medo de não reconhecer a tua voz...

Sabes que mais?

Eu, inclino-me perante a frágil efemeridade das certezas.

Cai o pano.

 

Image by Pesare in DeviantArt

sinto-me:
tags:
Original Zumbido por meldevespas às 15:03
link do post | zumbir | favorito
|
10 comentários:
De A VER NAVIOS a 24 de Outubro de 2008 às 16:11
Cai o pano e está dito.
Para quê mais palavras?
Está bonito e chega.
Parabéns e bom fim de semana,
J. Lopes
De milton a 24 de Outubro de 2008 às 21:22
"Eu, inclino-me perante a frágil efemeridade das certezas."

Eu, inclino-me perante a beleza dos teus textos, :)
De Ju a 25 de Outubro de 2008 às 16:39
"não respondas...tenho medo de não reconhecer a tua voz..."

è isso !
Identifiquei-me...
Para variar ;)
De weee a 25 de Outubro de 2008 às 22:17
Tu continua... continua que eu continuo a gostar... de cá vir... de ler... às vezes até penso!! ;)
De R.I.P.per a 29 de Outubro de 2008 às 10:39
tudo dito,de uma forma mt bela
De Andi a 3 de Novembro de 2008 às 13:41
Curto, mas bonito, como sempre. Carregado de emoções, gostei.
Beijinhos.
De Anónimo a 3 de Novembro de 2008 às 22:09
Bastante bom. =)
De Paulo a 4 de Novembro de 2008 às 15:59
Catano! Que bom texto!

Imagino até alguém como o Vítor de Sousa a lê-lo na televisão num qualquer programa cultural...

Era giro não era? Quem sabe um dia o homem não pega num livro teu e desata a ler e a... *

*substituir "..." pelo que quiseres :)
De telmy a 22 de Novembro de 2008 às 12:48
oh carminho, como me faz bem vir aqui ler os teus textos :')
está tudo bem? **
De Gingerbread Girl a 25 de Novembro de 2008 às 21:43
Tanto que podia ser dito... tanto.

Mais um texto extraordinário Mel... ;)

Beijo do coração*

zumbir

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Constelaçoes

O Sorriso do Parvo

Porque sim

O Cheiro da Chuva

Estória para adormecer .....

Na lama

Memórias de Vento

A solo

Sem fim

Estória para adormecer......

arquivos

Abril 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

tags

todas as tags

online

links

Bee Weather

Click for Evora, Portugal Forecast Get your own free Blogoversary button!
Photobucket


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Vizzzzzzitas

Horazzzzzz

Tente adivinhar palavras relacionadas com a Matemática no Jogo da Forca:


Clique aqui


Custom T-Shirt Generator
blogs SAPO

subscrever feeds