Domingo, 23 de Setembro de 2007

O tempo estava a mudar.

- Que aborrecido! Tenho que desmanchar esta porcaria toda outra vez.....- puxou a linha esbranquiçada; que de tanto uso, começava a dar mostras de cansaço na cor. Puxou, com a força de um pescador numa maré de fins de Setembro .

Por mais voltas que desse aos miolos, não lhe saia da cabeça que aquela colcha que tecia noite e dia, dia e noite, tivesse que nascer das suas mãos, tivesse que ser parida das suas dores àridas. Os dedos serpenteavam na agulha, e em menos de nada, enleios cresciam, enredos de linhas finas que se emaranhavam diante dos seus olhos e se agigantavam como as nuvens quando o tempo muda.

O tempo estava a mudar. Lá fora o verão travava lutas antigas com o outono, antigas e sempre antecipadamente perdidas. Seria a sua uma dessas lutas?

Puxou a linha com força, e um desespero entrou-lhe pela boca e aguou-lhe os sentidos. Tinha que acabar aquela maldita colcha.

- Faço desfaço, faço desfaço! Já nem sei onde acaba a minha mão e começa a agulha, já nem distingo os meus dedos das linhas enleadas. Tenho esta colcha colada a mim, dos pés à cabeça, como uma sombra que não é minha, e das duas uma: ou acabo com isto, ou dou em maluca!!!

Já tinha tricotado o alpendre, já tinha bordado a varanda, tinha caseado portas e janelas e sentia-se sempre e cada vez mais vazia naquela casa cheia de linhas claras, que esbranquiçavam olhares e afastavam ventos e restos de vidas.

- Faltam duas rosetas destas...só duas e posso-me deitar. Se me esquecer de adormecer, por certo que logo de manhanzinha tenho a coisa acabada...

Com a furia do fim em vista, e o frémito do sono por consumar,  picou-se uma e outra vez, e duas joaninhas vermelhas eclodiram da ponda dos dedos e entornaram-se no leite da colcha por acabar.

- Era só o que me faltava!!! ...Mas não faz mal - disse - toda ela está tecida do meu sangue...se algum estiver assim à vista de todos, que importância tem isso! Ao menos saberão o que doeu...

Tricotou com a desenvoltura de uma criança que sobe a uma árvore só pra roubar os ovos de um ninho, e depois os esborracha fechando a mão. E com a mesma insensatez do sorriso cruel da criança, fez e desfez toda a santa noite.

Os primeiros raios de sol, arrendados pelo alpendre, encontraram por baixo das portas, pontas de novelos que corriam todos em coro para o leito de uma colcha imensa da cor das horas e dos dias.

Acordadas pela luz,  milhares de joaninhas vermelhas, voaram pelas janelas.

Fotografia de João Palmela

sinto-me:
tags: , ,
Original Zumbido por meldevespas às 16:16
link do post | zumbir | favorito
|
11 comentários:
De João Cordeiro a 24 de Setembro de 2007 às 11:06
Texto muito bem escrito.

Parabéns e... continua.


O sonhador
De joão palmela a 24 de Setembro de 2007 às 18:06
Amiga Carmo !
Foi ao ler este seu Conto que me apercebi da relação entre a agulha de tricotar e a destreza da sua imaginação, a qual vai emaranhando o fio das ideias e tecendo as rosetas da fantasia, com uma mestria admirável , fazendo deles obras literárias de inegável valor.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <br>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Amiga Carmo ! <BR>Foi ao ler este seu Conto que me apercebi da relação entre a agulha de tricotar e a destreza da sua imaginação, a qual vai emaranhando o fio das ideias e tecendo as rosetas da fantasia, com uma mestria admirável , fazendo deles obras literárias de inegável valor. <BR Continue sempre a deslumbrar-nos com Elas. <BR>E já agora um recado para os editores deste país, que tal um Livro desta Senhora! <BR>Adeus um Abraço, <BR>João Palmela <BR>
De joão palmela a 24 de Setembro de 2007 às 18:12
Peço desculpa mas de vez em quando acontece isto e os comentários aparecem atabalhoados.
Decididamente talvez a escrita não seja a minha área.
João Palmela
De meldevespas a 24 de Setembro de 2007 às 18:17
Sr. João, muitíssimo obrigada pelas suas palavras tão gentis, e pela sua visita e pela sua magnifica fotografia.
De joão palmela a 24 de Setembro de 2007 às 18:34
São inteiramente merecidas! a si é que lhe demos agradecer pelos belos momentos literários com que nos brinda.
João Palmela
De jj.cordeiro@netvisao.pt a 24 de Setembro de 2007 às 22:35
Obrigado por gostares do que escrevo.
Volta sempre
Beijo sonhador
De telmyy a 24 de Setembro de 2007 às 22:45
o teus tetos permitem-me sempre viajar :D
agora que me pus a pensar, acho que já sie pqeq dormir mais descansada :p

beijinhos, *.*
De astuto a 24 de Setembro de 2007 às 23:24
A destreza necessária para usar uma agulha é a mesma para escrever. Posso dizer que és tecedora de palavras. Grande. Texto bonito.

Cumprimentos.
De R.I.P.per a 25 de Setembro de 2007 às 03:12
Tu n sabes escrever mal,hem?Q monotonia :P
De Kel a 25 de Setembro de 2007 às 13:48
eu gosto de fazer ponto de cruz. :D é uma panca que tenho... mas fazer croché naaaaaaaa. nao é comigo LOl beijocas
De joão palmela a 26 de Setembro de 2007 às 12:33
Amiga Carmo!
Foi uma sensação inesquecível , a que senti, quando aqui cheguei, um calafrio percorreu-me o corpo, fiquei sem palavras a contemplar o Mel de Vespas e duas lágrimas atrevidas caíram , lágrimas de Comoção, mas também de Alegria. Está Lindo!
Que Deus lhe pague pelo belo momento que me proporcionou e cimentou ainda mais esta Amizade,
Obrigado,
João Palmela

zumbir

mais sobre mim

pesquisar

 

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Constelaçoes

O Sorriso do Parvo

Porque sim

O Cheiro da Chuva

Estória para adormecer .....

Na lama

Memórias de Vento

A solo

Sem fim

Estória para adormecer......

arquivos

Abril 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

tags

todas as tags

online

links

Bee Weather

Click for Evora, Portugal Forecast Get your own free Blogoversary button!
Photobucket


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Vizzzzzzitas

Horazzzzzz

Tente adivinhar palavras relacionadas com a Matemática no Jogo da Forca:


Clique aqui


Custom T-Shirt Generator
blogs SAPO

subscrever feeds